Seminário marca homenagem aos 116 anos de Anísio Teixeira

0


A busca pela melhoria da qualidade da educação pública deu o tom do seminário que marcou os 116 anos de Anísio Teixeira, realizado nesta terça-feira (12/07), na sede do instituto que leva o nome do educador baiano. O encontro trouxe as palestras da profª Drª Clarice Nunes, uma das maiores estudiosas da vida e obra de Anísio Teixeira e de Haroldo Lima, ex-deputado federal e sobrinho do homenageado, além de uma mesa de debates sobre a contemporaneidade do pensamento de Anísio Teixeira.

O diretor-geral do Instituto Anísio Teixeira (IAT), Severiano Alves, abriu o evento e disse considerar Anísio a matriz histórica de uma educação pública de qualidade, num modelo de educação integral com ensino integrado. “Sou um admirador de Anísio Teixeira. Seu nome é recorrente e seu pensamento estava à frente do seu tempo”, afirmou o diretor, anunciando o projeto de construção do Memorial Anísio Teixeira, na sede do Instituto. “Precisamos ter algo que valorize a história deste educador que é o maior patrimônio brasileiro quando falamos em educação”, completou.

“A importância de Anísio podemos resumir na questão da educação e dos valores democráticos na educação pública de qualidade dos brasileiros. O que eu tratei no seminário é esse cruzamento da vida e da obra, porque falar da obra é falar das experiências de Anísio Teixeira como educador”, explicou Clarice Nunes.

A homenagem ainda contou com a participação do filho de Anísio, Carlos Teixeira, que muito emocionado falou sobre a importância do legado do pai. “É um sentimento de alegria, ver o meu pai ser lembrado com tanta honra e ver que sua obra se mantém atual. Meu pai achava engraçado quando as pessoas diziam que ele seria um pensador, e na intimidade ele ria dizendo, não sabem eles que antes de tudo eu sou um executivo”, disse Carlos, lembrando as histórias do pai.

Já o ex-deputado federal Haroldo Lima, sobrinho do educador, considera Anísio o principal idealizador das grandes mudanças que marcaram a educação brasileira. “Ele foi pioneiro na implantação de escolas públicas de todos os níveis, e segundo alguns, ele foi o único educador que tem uma espécie de filosofia sobre educação. Usar as ideias de Anísio em nosso cenário atual da educação é fundamental”, explicou Haroldo.

 

 

Escola Parque – Um dos principais legados de Anísio Teixeira, na Bahia, é o Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque. O equipamento, que na época foi instalado em áreas consideradas periféricas de Salvador, até hoje é referência em educação de qualidade. Para dona Jussara Bastos, mãe do estudante Moises Felipe Araujo, que possui necessidades especiais, a Escola Parque foi um divisor de águas em sua vida. “Me sinto acolhida pela escola. Meu filho conseguiu adquirir autonomia, porque além das aulas regulares, ele ainda tem uma série de atividades que o integra melhor com os demais alunos”, disse Jussara, que também frequenta a Escola Parque nas aulas de Karatê abertas à comunidade.